domingo, 2 de maio de 2010

Melhorias no transporte coletivo


Reestruturação do setor para acompanhar o crescimento dos bairros

Prefeitura de Boa Vista Online
A quantidade de ônibus em circulação passou de 64 para 103 em Boa Vista, de 2001 a 2006. Neste período, muitas rotas foram ampliadas para atender à demanda que surgiu com a Operação Asfalto. Ao todo, a cidade conta com 75 ônibus e 28 microônibus que circulam pelos bairros.

Veículos adaptados para cadeiras de rodas foram colocados em circulação e as empresas de ônibus adotaram o Boa Vista Card, bilhete eletrônico que substitui o antigo vale-transporte e foi lançado em junho de 2003.

A bilhetagem eletrônica permite que as empresas tenham maior controle sobre viagens, horários e quantidade de passageiros. Com isso, melhoram os serviços. O Boa Vista Card acabou com a comercialização indevida dos vales-transporte de papel e resolveu o problema da falta de troco.

Os tipos de cartão são: Boa Vista Card Estudantil; Boa Vista Card Cidadão; Boa Vista Card Comunidade, que atende pessoas com extrema carência; Boa Vista Card Vale-transporte.

Passe livre: Pessoas portadoras de necessidades especiais, estudantes menores de 07 anos e todos os idosos com mais de 65 anos têm passe livre nos ônibus.

Obras

A Prefeitura também concluiu a construção de abrigos em paradas de ônibus, com 300 abrigos em toda a cidade. Para garantir mais conforto aos usuários, a Prefeitura reformou o mini terminal rodoviário Luís Canuto Chaves em 2003 e o Terminal de Integração João Firmino Neto foi inaugurado em 2005, com 44 lojas e serviços, na avenida dos Imigrantes, bairro Buritis.

Atualmente, o novo terminal do Centro que está sendo construído é mais uma obra projetada para modernizar o serviço de transporte coletivo e proporcionar melhores condições de trabalho aos comerciantes.

Duas empresas de transportes coletivos atuam na cidade: a Expresso Roraima e a Viação Cidade de Boa Vista.



Julho/2006

Nenhum comentário:

Postar um comentário