quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

BRT de Belém está sendo alvo de análise deixando obras paradas

08/01/2013 - Diário do Pará

Maisa Tobias, presidente da CTBel, disse que o contrato do BRT de Belém ainda está sendo analisado e discutido com o MPE. "Ainda não há prazo para a retomada da obras, pois elas dependem de outras medidas, como a questão das linhas alimentadoras do sistema", afirmou.


"Como a execução foi atropelada antes mesmo da concepção do sistema, precisamos agora reavaliá-lo. As medidas foram tomadas de maneira descompassada e vamos atuar nos ajustes", disse, informando que a CTBel vai atuar junto com o MPE numa análise do contrato "desde a sua elaboração e execução para podermos dar prosseguimento às obras".

Zenaldo Coutinho afirmou que a atual gestão quer avançar no BRT, mas com segurança e tranquilidade. "Já estamos cumprindo diligências solicitadas pelo Ministério Público Federal e vou assinar o mais rápido possível o convênio com o governo federal, que ainda não existe. Não podemos penalizar a população mais do que ela já foi com as obras na Almirante Barroso". Uma das primeiras medidas será a retirada das muretas colocadas ao longo da avenida, de acordo com pareceres técnicos da CTBel e MPE. "Não queremos parar as obras, mas avançar o mais rápido possível para que as obras atendam aos anseios da população".

A reportagem tentou contato com o ex-prefeito Duciomar Costa na noite de ontem para repercutir as colocações postas na reunião, mas não conseguiu localizá-lo. Tentou contactar ex-assessores e até o ex-coordenador de campanha do ex-prefeito, Yuseff Leitão, mas não obteve sucesso. O ex-vice-prefeito Anivaldo Vale também informou não ter o telefone do correligionário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário